Porto Itapoá: um dos mais importantes terminais do Brasil

    Com pouco mais de uma década de operação, o Porto Itapoá se tornou um dos maiores e mais importantes terminais portuários do Brasil, sendo referência na movimentação de contêineres. 

    De administração privada, Itapoá é um dos quatro terminais que compõem o chamado Cluster Sul, juntamente com Paranaguá, Itajaí e Navegantes e é o segundo maior agrupamento de portos de contêineres no país, ficando atrás apenas do Porto de Santos. 

    Estrategicamente localizado na Baía da Babitonga, no norte do litoral de Santa Catarina, o Porto tem capacidade para movimentar até 1,2 milhão de TEUs por ano, o que equivale a quase 60% da movimentação do setor em Santa Catarina (ANTAQ, 2019). Esse crescimento também reflete no desenvolvimento econômico da região, concentrando metade do PIB industrial dos estados de Santa Catarina e Paraná. 

    10 anos em números 

    O Porto Itapoá tem evoluído ao longo de sua operação anual. Com um faturamento que ultrapassa os R$ 690 milhões e uma equipe de mais de mil colaboradores, suas instalações abrangem uma área de 300.000 m² de pátio, com capacidade estática para cerca de 7 mil contêineres (dados de 2022). O Terminal mantém parcerias com os principais armadores, operando em rotas de navegação de longo curso e cabotagem, e oferecendo serviços de importação e exportação em todos os continentes. 

    A evolução do Porto ao longo da década é notável: 

    • Desde o início das atividades, a receita do município de Itapoá cresceu de R$ 35 milhões para aproximadamente R$ 200 milhões, representando um aumento de mais de 570%. A arrecadação do ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza) também aumentou significativamente, passando de R$ 210 mil por ano para cerca de R$ 20 milhões por ano em 2021, um acréscimo de mais de 9.000%. 

     

    • São mais de 1.200 empregos diretos e 5.000 indiretos, com metade da mão de obra economicamente ativa de Itapoá vinculada à atividade portuária. 

     

    • Foram investidos R$ 140 milhões em infraestrutura na cidade, incluindo melhorias na rede elétrica, acessos rodoviários e segurança pública. 

     

    • Compromissos sociais e ambientais também foram priorizados, com investimentos de R$ 37 milhões desde o início das operações do Terminal. Foram realizados 52 programas socioambientais anualmente, proporcionando 1.600 horas de capacitação para moradores da região. 

     

    • O Terminal também contribuiu para a preservação ambiental, criando uma Reserva Particular do Patrimônio Natural de 285 hectares, e investiu R$ 700 mil no Programa de Compensação da Atividade Pesqueira. 

     

    Tecnologia, eficiência e inovação no setor portuário 

    Durante os últimos 12 anos de operação, o Porto Itapoá tem realizado investimentos consistentes, respondendo à demanda do mercado por uma infraestrutura portuária eficiente e segura. 

    2023 marcou uma série de conquistas para o Porto, incluindo a expansão de suas instalações físicas, investimentos notáveis em tecnologia e inovação, e a marca histórica de movimentação de 1 milhão de TEUs em um ano.  

    Além dos números impressionantes, o Porto Itapoá se destaca em diversas áreas. Ao longo dos anos, tem recebido reconhecimento em sustentabilidade, inovação, gestão de capital humano e relacionamento com os clientes. Sua abordagem sustentável é outro ponto forte, refletida em programas dedicados à preservação ambiental, educação e recuperação da fauna e flora locais desde sua construção. 

     

    Nova política energética 

    O Porto Itapoá se destaca não apenas como um dos maiores terminais portuários do Brasil, mas também como um exemplo de desenvolvimento sustentável e inovação no setor. Em parceria com o grupo Ambipar, lançou o Projeto de Neutralização de Carbono, sendo o primeiro porto do Brasil a possibilitar a inclusão de créditos de carbono em suas operações. 

    No ano passado, o Porto Itapoá revisou sua política de aquisição de energia, optando exclusivamente por fontes renováveis nos novos contratos. Além disso, está avançando com um projeto-piloto de captação de energia solar, com placas já instaladas para avaliar a incidência de luz solar no município. 

     

    Sul do Brasil: destaque na logística e indústria nacional 

    O Sul do Brasil desponta como um polo estratégico para o desenvolvimento logístico e industrial do país, devido à sua localização privilegiada, infraestrutura de transporte robusta e força de trabalho qualificada. 

    Ao escolhermos o Sul do país para sediar a edição de 2024 da Logistique, reconhecemos e celebramos a importância estratégica de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul no panorama logístico e industrial internacional.  

    O evento reúne players de toda a cadeia logística, explorando as potencialidades e oportunidades de mercado que esses estados oferecem, reforçando o slogan “Logistique – conectando as principais cadeias e fluxos logísticos do Sul com o mercado global”. 

    A Logistique 2024 é mais do que um evento, é o ponto de encontro para discutir o futuro da logística e suas relações com as indústrias do Sul brasileiro, conectando-se de forma eficaz com o cenário global.  

    Junte-se a nós e explore as infinitas possibilidades que essa região tem a oferecer.   

    Não fique de fora e garanta já sua vaga na Logistique 2024. 

    Inscreva-se grátis em nossa news

    Receba todas as nossas noticías e fique por dentro de tudo!