Logistique Web Conference vai discutir o futuro da economia global e de que forma o Brasil está inserido neste contexto

    O ano de 2020 marca o início de novos ciclos nos mais diversos segmentos da sociedade, passamos por um grande período de incertezas. As mudanças são drásticas em todo o planeta. A grande pergunta é com relação ao futuro da economia global e de que forma o Brasil está inserido neste contexto. E mais: o que o futuro nos reserva?

    Parte das respostas, que ganham grande complexidade com o aprofundamento das abordagens, serão respondidas no primeiro dia da Logistique Web Conference, 4 de novembro, na edição 2020 da Logistique – Feira e Congresso de Logística e Negócios Multimodais.

    Neste dia, o evento vai reunir os diplomatas das principais potências econômicas com as quais o Brasil faz negócios e renomados especialistas em comércio exterior e relações internacionais. Participarão também executivos de grandes indústrias importadoras, exportadoras e com parques fabris em vários continentes e lideranças empresariais em discussões abrangentes e que possibilitarão traçar um panorama da economia global.

    A Logistique Web Conference será aberta com palestra dos renomados economistas Caio Megale e Welber Barral. Com extenso currículo, Megale fez parte da equipe econômica do ministro Paulo Guedes e é economista-chefe da XP Investimentos. Barral, por sua vez, é estrategista em comércio exterior, foi secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, é conselheiro da Câmara de Comércio Americana (Amcham) e árbitro no Tribunal Permanente de Revisão do Mercosul e na Organização Mundial do Comércio (OMC). É sócio-sênior da BMJ Consultores Associados.

    O que o acordo com a União Europeia pode fazer pelo Brasil e o Mercosul será abordado pelo embaixador da União Europeia no Brasil Ignacio Ybáñez, com a abertura e mediação da economista e presidente da Câmara de Comércio Exterior da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Maria Teresa Bustamante, além de representantes da indústria. Debate que trará evidências baseadas em lições aprendidas que podem contribuir para o enfrentamento dos desafios da integração global.

    O potencial e oportunidades para o comércio bilateral entre o Brasil e os Emirados Árabes Unidos será discutido entre o embaixador dos Emirados Árabes no Brasil Saleh Alsuwaidi, o presidente da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira Rubens Hannun, com intervenções de industriais brasileiros e o presidente da Fiesc, Mário Cezar de Aguiar.

    Outra abordagem que é aguardada com grande expectativa é com relação ao Grande potencial do mercado chinês e as oportunidades para o comércio exterior brasileiro, com o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming. A mediação será de Carolina Valente, especialista em internacionalização de negócios entre a América Latina e China, presidente do Instituto Mundial para as Relações Internacionais (IR.wi), presidente da China-Europe International Business Association (CEIBA), vice-presidente da Federação Sino-Países de Língua Portuguesa e Espanhola e membro da Game Changer do ESBN Youth & Women Entrepreneurship Taskforce (YET). O tigre asiático é hoje o principal parceiro comercial do Brasil e de Santa Catarina.

    As inscrições são gratuitas.

    Inscreva-se grátis em nossa news

    Receba todas as nossas noticías e fique por dentro de tudo!